Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

Documento publicado no Boletim Oficial da Corte passa a valer a partir desta quarta, 19 de janeiro

 

Com o aumento no número de casos de Covid-19 em todo o Estado e principalmente na capital, o Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), por meio da Presidência, publicou nesta terça-feira, 18, no Boletim Oficial da Corte, a Portaria 38/2022, determinando que o percentual de servidores no trabalho presencial seja de 50% por sala, observada a estrutura física disponível para preservação das medidas de distanciamento e protocolos sanitários. A portaria passa a valer a partir desta quarta-feira, 19 de janeiro.

Vale reforçar, que o Tribunal continua seguindo os protocolos sanitários no acesso às dependências da Corte, tanto para os usuários internos quanto externos. É obrigatória a aferição de temperatura corporal como condição de ingresso nos prédios do TCE/TO, sendo vedada a entrada de pessoas que apresentem alteração de temperatura, que se recusem à medição ou que apresentem sintomas gripais e/ou de doença respiratória.

Durante a permanência na Corte de Contas, todos devem manter o distanciamento e, obrigatoriamente, utilizarem máscaras da forma adequada, ou seja, de modo que encubra o nariz e a boca, observando-se, também, as demais normas de higienização estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde.

Fique atento!

É necessário atentar-se ao surgimento de sintomas não específicos como: tosse, dor de garganta ou coriza, febre, calafrios, dor muscular, fadiga e/ou dor de cabeça, além dos sintomas específicos como perda do olfato e da capacidade para sentir sabor e dificuldade respiratória severa.

O servidor que apresentar algum dos sintomas acima citados, deverá avisar a chefia imediata e ficar em casa (Home Office) até que seja realizado o teste para detecção do vírus ou passe por avaliação médica. A solicitação para realização do teste deve ser feita na Coordenadoria de Saúde do TCE (COSAU) por meio do ramal 3232-5909, WhatsApp (63) 99911-5974 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

A Coordenadoria de Saúde ressalta a importância do servidor manter as medidas de proteção individual, que complete o esquema vacinal contra a infecção por Covid-19 e esteja atento às orientações do Ministério da Saúde.

Confira no Boletim Oficial nº 2934 a íntegra da Portaria 38/2022.

Inscrições começam no próximo dia 31 de janeiro e seguem até 7 de fevereiro

 

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/TO), por meio do Instituto de Contas 5 de Outubro (Iscon), vai oferecer o curso Plataforma Teams e Office365 com carga horária de 20 horas na modalidade EAD, utilizando o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), exclusivo para servidores da casa.

As inscrições para Turma 1 começam dia 31 de janeiro e vão até 7 de fevereiro desse ano,   no site do ISCON, por meio do link. O curso será ministrado pelo diretor de TI do Tribunal, Francisco de Assis Santos Júnior.

Os objetivos do curso são vários, entre eles conhecer a fundo os conceitos e recursos do Office365 e Teams, tirar todas as dúvidas da ferramenta, bem como informar e reforçar a importância de boas práticas de utilização e padronizar os procedimentos de uso.

O curso é necessário em função da aquisição da nova plataforma colaborativa adquirida pelo TCE/TO para treinar os servidores na utilização dos recursos oferecidos. Serão 17 vídeos explicativos que apresentam o passo a passo e todos os detalhes da plataforma. No final, será aplicado um questionário avaliativo da aprendizagem para os servidores e estagiários. Para ser aprovado os participantes têm que acertar no mínimo 70 por cento do questionário.

O curso será realizado durante todo mês de fevereiro e quanto mais cedo o servidor ou estagiário fizer sua inscrição, mais acessos aos vídeos ele vai ter aproveitando melhor o conteúdo e com mais chance de se sai bem no questionário avaliativo.

Objetivo é apurar se existem irregularidades na aquisição de cestas básicas

 

O Pleno do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), aprovou em sessão extraordinária, a realização de inspeção in loco na Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social, para apurar possíveis irregularidades na aquisição de cestas básicas no ano de 2021.  O requerimento analisado na última quarta-feira, 12 de janeiro, foi apresentado pelo titular da Sexta Relatoria, conselheiro Alberto Sevilha.

De acordo com o requerimento, a inspeção vai fiscalizar e colher informações sobre os seguintes pontos:

A – Juntada de cópia integral de compras no ano de 2021, que tenha como objeto o fornecimento de cestas básicas.

B – Identificar se houve direcionamento de compras.

C – Se o objeto contratado foi devidamente entregue.

D – Se houve sobrepreço ou superfaturamento.

E – Se foi usada verba para combate a Covid-19 nas referidas compras; indicar as fontes e as rubricas.

F – Indicar origem dos recursos, quais são Federais e/ou quais são Estaduais.

G – Demais achados correlatos de supostas irregularidades

Agora, será designada uma equipe de inspeção para apurar in loco os processos administrativos que culminaram em aquisições de cestas básicas.  O processo é público e pode ser acompanhado no e-Contas clicando aqui

Raimundo Nonato Franco, 93 anos, faleceu neste domingo, 16, no Piauí

O Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), por meio do conselheiro presidente, Napoleão de Souza Luz Sobrinho, membros e servidores, lamenta profundamente o falecimento de Raimundo Nonato Franco, 93 anos, pai da servidora Ana Angélica Pinheiro Franco, lotada na diretoria de Administração e Finanças.

Raimundo Nonato, faleceu neste domingo, 16 de janeiro, no  município de Ribeiro Gonçalves, no Piauí, onde será velado e sepultado.

À família e amigos, por essa inestimável perda, as sinceras condolências desta Corte.

Dr Anízio Costa Pedreira faleceu neste sábado, 15

 

O Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), por meio do Presidente, Conselheiro Napoleão de Souza Luz Sobrinho, demais membros e servidores, lamenta, profundamente, o falecimento do ex-secretário Estadual de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Anízio Costa Pedreira, ocorrido neste sábado, 15, em Palmas. 

Anízio Pedreira era natural de Porto Nacional e esteve à frente da pasta em 2010. 

À família e amigos, por essa inestimável perda, as sinceras condolências desta Corte.

Surgimento de novas variantes como a Ômicron e o aumento de casos de influenza necessitam de mais atenção

 

A Coordenadoria de Saúde do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), reforça aos servidores, a necessidade de manter os cuidados de prevenção contra o avanço do vírus da Covid-19 que, nas últimas semanas, tem registrado aumento no número de casos positivos, bem como o crescimento dos casos de influenza. 

Por se tratar de um vírus que tem grande potencial de transmissão via respiratória (contato direto com uma pessoa infectada; gotículas de tosse ou espirro; ou por aerossol, que são pequenas gotículas e partículas que ficam em suspensão no ar), é preciso redobrar os cuidados dentro e fora das dependências do Tribunal.

Exemplo de ações que podem potencializar a contaminação, são: uso inadequado da máscara facial; exposição prolongada a espaços fechados dentro dos quais várias pessoas podem ter sido expostas a uma pessoa infectada; ventilação ou tratamento de ar inadequados permitindo o acúmulo de pequenas gotículas e partículas respiratórias em suspensão no ar.

Se liga!

A utilização obrigatória da máscara durante todo o turno de trabalho, ajuda a diminuir a chance de contágio e consequentes riscos. Em caso de contágio, é necessário atentar-se ao surgimento de sintomas não específicos como: tosse, dor de garganta ou coriza, febre, calafrios, dor muscular, fadiga e/ou dor de cabeça. Além dos sintomas específicos como perda do olfato e da capacidade para sentir sabor e dificuldade respiratória severa.

O servidor que apresentar algum dos sintomas acima citados, deverá ficar em casa (Home Office) até que seja realizado o teste para detecção do vírus ou passe por avaliação médica. A solicitação para realização do teste deve ser feita na COSAU por meio do ramal 5909, WhatsApp (63) 99911-5974 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

A Coordenadoria de Saúde ressalta a importância do servidor manter as medidas de proteção individual e que complete o esquema vacinal contra a infecção por Covid-19 e esteja atento às orientações do Ministério da Saúde.

O Programa de Qualidade de Vida é uma meta do planejamento estratégico da política de gestão de pessoas visando a promoção em saúde e bem-estar dos membros e servidores do TCE, contribuindo para a redução da morbidade e absenteísmo no trabalho.

Capacitação contínua é voltada para servidores e membros do TCE/TO

 

A o curso “Operacionalização do Sistema Integrado de Administração Financeira do Estado do Tocantins – SIAFETO” oferecido pelo Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), por meio do Instituto de Contas 5 de Outubro (Iscon) começa no próximo dia 1º de fevereiro. As inscrições poderão ser realizadas de 31 de janeiro a 7 de fevereiro. A capacitação é voltada aos servidores e membros da Corte tocantinense e faz parte dos cursos contínuos oferecidos pelo Iscon.

O curso tem objetivo de apresentar o sistema e sanar dúvidas, já que é uma ferramenta utilizada para registro, acompanhamento e controle da execução orçamentária, financeira e patrimonial do governo do estado do Tocantins.

A diretora-geral do Iscon, Márcia Ribeiro, falou sobre a oportunidade de promover essa capacitação ao corpo técnico do TCE. “É muito importante para aprimorar o conhecimento dos servidores que já trabalham com o sistema, bem como aos que utilizam como fonte de pesquisa para análise das prestações de contas e auditorias”, ressaltou.  Ela destacou ainda que o curso foi dividido em quatro módulos demonstrado o passo a passo de como utilizar as funcionalidades, dando a possibilidade dos servidores escolherem o módulo que desejam cursar.

A capacitação é autoinstrucional e tem carga horária total de 30 horas. Após efetuar a inscrição, o participante terá até as 23h59 do último dia do mês de fevereiro de 2022 para concluir o curso e receber a certificação, onde será necessário responder o questionário avaliativo, através da plataforma AVA, e obter, no mínimo, 70% de aproveitamento. Para cada participante, são atribuídas três tentativas de responder o questionário.

As inscrições serão realizadas no site do Iscon a partir do dia 31 de janeiro.

Abaixo, confira o conteúdo programático completo:

Módulo I

SiafeTO – Planejamento e Execução orçamentária

1.    Introdução Teórica

1.1  Apresentação

1.2  Teoria do Sistema

2.    Acesso ao SiafeTo

3.    Planejamento

4.    Execução

4.1  Execução Orçamentária

4.1.1 Detalhamento da Dotação

4.1.2 Formalização de crédito Adicional

4.1.3 Importação de Projeção de Receita

4.1.4 Liberação de Cotas

4.1.5 Nota de Descentralização de Crédito

4.1.6 Nota de Crédito

4.1.7 Nota de Dotação

4.1.8 Nota de Empenho

4.1.9 Nota de Liquidação

4.1.10 Nota de Reserva

4.1.11 Receita Prevista

4.1.12 Rolagem de Cotas

4.1.13 Solicitação de Crédito

Módulo II

SiafeTO –  Execução Financeira

1.    Introdução Teórica

1.1  Apresentação

1.2  Teoria do Sistema

2.    Acesso ao SiafeTo

3     Execução Financeira

3.1  Acompanhamento de Execução de Pd

3.2  Bloqueio Judicial

3.3  Código de Barras

3.4  Fechamento do Dia

3.5  Guia de Devolução

3.6  Guia de Recolhimento

3.7  Importação da Receita

3.8  Nota de Aplicação e Resgate

3.9  Ordens Bancárias

3.10 OB Orçamentária

3.11 OB de Dedução

3.12 OB de Retenção

3.13 OB de Transferência

3.14 OB Extra Orçamentária

3.15 Programação de Desembolso

3.16 PD Orçamentária

3.17 PD de Retenção

3.18 PD de Transferência

3.19 PD Extra Orçamentária

3.20 Tipo de Conciliação Bancária

Módulo III

SiafeTO – Contabilidade, Contratos, Convênios, Folha de Pagamento e Projetos

1.    Introdução Teórica

1.1  Apresentação

1.2  Teoria do Sistema

2.    Acesso ao SiafeTo

3.    Contabilidade

3.1  Anular Documentos em Lote

3.2  Conformidade Diária

3.3  Conformidade Contábil

3.4  Despesa de Exercício Anterior

3.5  Lista Saldo da Conta por UG

3.6  Detalhamento da Conta Contábil

3.7  Emitir Balancete

3.8  Emitir Balanços

3.9  Emitir Diário

3.10 Emitir Razão

3.11 Emitir Livro Razão

3.12 Encerrar Mês

3.13 Evento

3.14 Item Patrimonial

3.15 Nota de Evento

3.16 Nota de Sistema

3.17 Nota Patrimonial

3.18 Operações e Eventos por Conta

3.19 Plano de Contas

3.20 Relatórios da LRF

4.   Contratos e Convênios

5.   Folha de pagamento

6.   Projetos

Módulo IV

SiafeTO – Apoio, Administração e Relatórios

1.    Introdução Teórica

1.1  Apresentação

1.2  Teoria do Sistema

2.    Acesso ao SiafeTo

3.    Apoio

3.1  Comunica

3.2  Geral

3.2.1 Categoria de Despesa

3.2.2 Detalhamento de Fonte

3.2.3 Elemento de Despesa

3.2.4 Esfera Orçamentária

3.2.5 Feriados

3.2.6 Fonte de Recursos

3.2.7 Função de Governo

3.2.8 Grupo de Fontes de Recursos

3.2.9 Identificador de Uso

3.2.10 Modalidade de Aplicação

3.2.11 Município

3.2.12 Natureza de Despesa

3.2.13 Natureza de Receita

3.2.14 Órgão

3.2.15 Regra de Destinação

3.2.16 Sub função de Governo

3.2.17 Tipo de Administração

3.3  Execução

3.3.1 Agencia

3.3.2 Banco

3.3.3 CNAE

3.3.4 Código de GRU

3.3.5 Código de Pagamento

3.3.6 Código de Receita

3.3.7 Concessionaria

3.3.8 Contas Parametrizadas

3.3.9 Credor Genérico

3.3.10 Domicilio Bancário por UG

3.3.11 Gestão

3.3.12 Inscrição Genérica

3.3.13 Matriz de Saldos Contábeis

3.3.14 Modalidade de Licitação

3.3.15 Origens de créditos

3.3.16 Pessoa Física

3.3.17 Pessoa Jurídica

3.3.18 Retorno de Ordem Bancária

3.3.19 Tipo de Crédito

3.3.20 Tipo de Credor Genérico

3.3.21 Tipo de Documento Fiscal

3.3.22 Tipo de Domicilio Bancário

3.3.23 Tipo de Inscrição genérica

3.3.24 Tipo de Reserva

3.4  Projetos

3.5  Base de Conhecimento

4.    Administração

4.1 Segurança

4.1.1 Acesso Rápido

4.1.2 Alteração de Senha

4.1.3 Relatório de Usuários por UG

4.2  Configuração

4.2.1 Configuração de Envio/Retorno de Arquivo

4.2.2 Mensagens de Alerta

4.2.3 Módulo Extração de Arquivo

4.3  Estrutura Classificatória

4.4  Migração de Dados

Gestores terão até dia 31 de janeiro para enviar a declaração

 

Foi publicado nesta terça-feira, 11, na edição suplementar do Boletim Oficial nº2928 do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), a Portaria nº 21/2022 que prorroga o prazo de lançamento do “NADA CONSTA”, referente ao mês de dezembro de 2021, para o Sistema Integrado de Controle e Auditoria Pública – Licitações, Contratos e Obras (SICAP/LCO), de todas as unidades jurisdicionadas.

O TCE determina que os jurisdicionados que não efetuarem procedimento licitatório, dispensa/inexigibilidade ou adesão a ata de registro de preços, dentro do mês, terão até o quinto dia do mês seguinte para o registro da informação conhecida como “NADA CONSTA”, que corresponderá a uma declaração de ausência de publicação de procedimento licitatório no período em questão.

Com a prorrogação, os gestores têm até o último dia de janeiro para enviar as informações.

Abaixo, confira a portaria na íntegra.

 

PORTARIA Nº 21/2022

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso da atribuição que lhe confere o art. 131, I da Lei nº 1.284, de 17 de dezembro de 2001, e art. 349, I do Regimento Interno desta Corte, e

Considerando a Instrução Normativa nº 03, de 20 de setembro de 2017, que dispõe sobre o Sistema Integrado de Controle e Auditoria Pública – Licitações, Contratos e Obras – SICAP-LCO, no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins;

Considerando que o art. 5º da IN-TCE/TO nº 03/2017, determina que os Jurisdicionados que não efetuarem procedimento licitatório, dispensa/inexigibilidade ou adesão a ata de registro de preços, dentro do mês, terá até o 5º (quinto) dia do mês subsequente para o registro desta informação na aba específica do sistema, denominada “NADA CONSTA”, que corresponderá a uma declaração de ausência de publicação de procedimento licitatório no período;

Considerando a necessidade de se aguardar o término do prazo para a atualização do Cadastro Único (CADUN), fixado no art. 11 da

Instrução Normativa TCE/TO nº 02/2020,

RESOLVE:

Art. 1º Prorrogar, de forma excepcional, até o dia 31 de janeiro de 2022, o prazo de lançamento do “NADA CONSTA”, do mês de dezembro/2021, para o Sistema Integrado de Controle e Auditoria Pública – Licitações, Contratos e Obras – SICAP-LCO, de todas as unidades jurisdicionadas.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor nesta data.

Publique-se.

Confira as demais publicações no Boletim Oficial do TCE/TO nº2928.

Gestores devem ficar atentos também com os prazos para não sofrem sanções

 

O Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) por meio da Comissão de Integração dos Sicaps elaborou um documento rico em informações para auxiliar os responsáveis pelos setores de Atos de Pessoal nas unidades gestoras estaduais e municipais. Intitulado de “As Principais Perguntas e Respostas sobre o Sistema Integrado de Auditoria Pública – SICAP Atos de Pessoal (envio eletrônico de remessas), ele pode ser encontrado de forma fácil e rápida no site da Corte de Contas. (clique aqui).    

Ao todo, a equipe técnica do Tribunal reuniu no documento 21 perguntas que frequentemente os jurisdicionados fazem com relação ao sistema de envio do SICAP/AP. Em todas, foram elaboradas respostas para que as dúvidas sejam sanadas e o processo de envio das remessas aconteçam dentro da normalidade.

O coordenador da Comissão de Integração dos Sicaps, Tiago Rodrigues, explicou que atualmente existem 322 Unidades Gestoras Estaduais e Municipais que encaminham informações de Atos de Pessoal ao Tribunal. Com a implementação do novo SICAP/AP, são inúmeras as dúvidas que surgem por contato telefônico ou e-mail. “Nesse sentido, a equipe de desenvolvimento e apoio ao SICAP/AP elaborou o documento com o objetivo de auxiliar no encaminhamento desses dados”, destacou. E complementou: “Reforço que a equipe está trabalhando diuturnamente, visando dar total apoio aos nossos jurisdicionados”.

Fique ligado!

O TCE prorrogou no último dia 11 de novembro, por meio da Portaria Nº 502/2021, publicada no Boletim Oficial Nº 2889, o prazo estabelecido para o encaminhamento dos dados, via internet, do SICAP- Atos de Pessoal, exigido pelo Sistema Integrado de Controle e Auditoria Pública – SICAP/AP, relativos às remessas de janeiro a outubro de 2021. Então, os gestores têm até dia 3 de dezembro para enviar os dados.

Vale ressaltar que a alteração do prazo não afetará as remessas seguintes (novembro e dezembro/2021), anteriormente definidas para o encerramento do corrente exercício. Os responsáveis também precisam ficar atentos quanto aos prazos para evitarem sanções com o descumprimento do envio dos dados ou no atraso da entrega dos mesmos.

Caso tenham alguma dúvida, mesmo com o auxílio do documento de Pergunta e Respostas, entre em contato com o suporte por meio do número (63) 3232-5881/ 5927 ou envie um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Confira aqui o documento de Perguntas e Respostas. O link pode ser encontrado também na página do SICAP/AP, no ícone “Manuais”.  

Página 1 de 247
Fim do conteúdo da página